[Editorial] Utopias? Urgências

“É urgente destruir certas palavrasódio, solidão e crueldade,alguns lamentos,muitas espadas.” – Eugénio de Andrade No centenário do nascimento de Eugénio de Andrade, que ocorreu há poucos dias, fomos à procura do poeta no antigo Jornal das Aves, pois tínhamos a lembrança de ter encontrado o conhecido poema “Urgentemente” numa das suas primeiras edições. Imaginamos, por […]

Continue Reading

[Editorial] Irrepetíveis e de prazo bem determinado

Na sua mensagem de Ano Novo, o Presidente da República veio dizer-nos que “entramos em 2023 obrigados a evitar que seja pior do que 2022”, apesar de sabermos que a pandemia ainda não desapareceu de todo, que a guerra iniciada em 2022 prossegue sem tréguas, que a economia não cresce e que sofremos a subida […]

Continue Reading

[Editorial] Um ano novo para recuperar esperanças de paz e progresso?

1 A sucessão dos dias e das noites e a sucessão das estações do ano foram dois mistérios que, desde sempre, a humanidade procurou compreender e explicar. Não foi tarefa fácil para os sábios da antiguidade definir o calendário que, a partir da facilidade com que se contam os dias e as noites, tornasse possível […]

Continue Reading

[Editorial] Dar lugar aos jovens

1Quando foram conhecidos os números provisórios dos censos de 2021, tivemos oportunidade de salientar, no Entre Margens de agosto desse ano, que o concelho de Santo Tirso teve uma redução do número de habitantes bastante superior, em percentagem, às perdas também verificadas nos concelhos limítrofes. Aliás, essa redução foi também superior à perda global de […]

Continue Reading

[Editorial] Na autoestrada a caminho dos infernos

1 Na cimeira do clima realizada no Egipto, o secretário-geral da ONU, António Guterres, declarou que a mudança climática é “o combate das nossas vidas e estamos a perdê-lo”, considerando que “continuam a aumentar as emissões de gases de efeito de estufa, a temperatura global continua a subir e o planeta está a aproximar-se rapidamente […]

Continue Reading

[Editorial] “A Ditadura do Regimento”

As assembleias democráticas de município e de freguesia têm como competência própria definir o seu regimento, isto é, o conjunto de regras do seu funcionamento. O mesmo acontece com o parlamento e suas comissões, e a aprovação do regimento é geralmente a primeira decisão que tomam, para regular a condução dos trabalhos. Democraticamente aceite, a […]

Continue Reading

[Editorial] Liberdade e democracia. A que preço?

A inflação já tinha começado a subir antes da invasão russa da Ucrânia. Uma sequela da pandemia, garantidamente. A guerra acelerou tudo, com os problemas de abastecimento de energia à União Europeia e as dificuldades de escoamento dos cereais e das rações a contaminarem toda a economia. Assim, a acrescentar às preocupações com o ambiente […]

Continue Reading