Portugal avança no desconfinamento a partir de segunda-feira

Maior número de pessoas por grupo em restaurantes e transportes públicos sem limite de lotação, são medidas a entrar em vigor com a passagem para o estado de contingência.

Após a reunião do Concelho de Ministros, Mariana Vieira da Silva anunciou, em conferência de imprensa, o alívio de algumas restrições até agora em vigor, mas alerta que “a pandemia ainda não acabou”.

Com mais de 70% da população vacinada, o Governo avança para uma nova fase de desconfinamento. Desta feita, Portugal deixa o estado de calamidade e passa para estado de contingência.

A partir de segunda-feira (23 de agosto) passam a estar em vigor as seguintes medidas:

  • Restaurantes, cafés e pastelarias: 8 pessoas por grupo no interior e 15 pessoas por grupo na esplanada;
  • Eventos culturais, casamentos e batizados com lotação de 75%
  • Transportes públicos sem limite de lotação (incluindo táxis e semelhantes)
  • Apenas a partir do dia 1 de setembro, já não será necessária marcação prévia nos serviços públicos.

No que diz respeito à utilização de máscara na via pública, essa continua a ser obrigatória, assim como a apresentação de certificado digital ou teste negativo nas atividades para as quais já eram necessários.

Com a aceleração desta nova fase de desconfinamento, que estava prevista para 3 de setembro, a expectativa é que se consiga também atingir, mais rapidamente, os 85% de população vacinada para que se possa avançar para uma nova fase.

“A expectativa é que possamos acelerar, mas ainda não tenho nenhuma data a anunciar”, rematou a ministra Mariana Vieira da Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.