‘Holograma’ traz Casa da Música a Santo Tirso já a partir de hoje

ATUALIDADE

De 21 a 24 de abril, Fábrica de Santo Thyrso vai acolher concertos e espetáculos programados pela Casa da Música onde a música erudita se cruza com novos públicos e uma forte vertente comunitária.

Um fim de semana recheado de música. De quinta a domingo, 21 a 24, a Fábrica de Santo Thyrso vai transformar-se num autêntico polo da Casa da Música ao receber o programa “Holograma”, iniciativa desenvolvida entre os 17 municípios da Área Metropolitana do Porto (AMP) com o objetivo de abrir a programação do icónico espaço da cidade Invicta a novos públicos. A ideia passa por criar momentos emotivos que vinculem público à música mais erudita, através do acesso a uma programação muito variada e especialmente concebida para o feito.

No total, serão 12 os concertos que durante todo o fim de semana vão brindar o público tirsense, com destaque para o concerto comunitário que terá apresentação dupla, logo na quinta-feira, dia 21, pelas 19h30 e do domingo, dia 24, a partir das 15h30. Um concerto criado de raiz no concelho com a comunidade educativa da Escola Básica de São Bento da Batalha, traduzindo o trabalho desenvolvido ao longo de mais de um mês com cerca de 40 alunos daquele estabelecimento escolar.

A iniciativa abre no dia 21 de abril com duas apresentações para escolas do espetáculo “Ler” (9h30 e 11h00) que explora a relação entre a voz falada e a música e para a qual são convocados instrumentos eletrónicos e acústicos. Este espetáculo, concebido com base em textos selecionados do programa da disciplina de língua portuguesa, repete para famílias na manhã do dia 23 de abril (10h00 e 11h00).

No dia 22, também às 9h30 e 11h00, somam-se mais duas apresentações do “Carnaval dos Animais” dirigido a alunos do pré-escolar. Neste concerto, e de forma leve, apresenta-se o grande reportório a pequenos ouvintes, tomando-o como matéria-prima de um espetáculo para as primeiras idades. “Carnaval dos Animais”, repete na manhã de domingo, 24 de abril, às 10h00 e 11h30. 

A noite de dia 22 de abril é dedicada aos novos talentos com a atuação do projeto “Cherry” (21H30), da cantora Ana Caldeira que soma já dois discos no currículo, o mais recente, publicado em novembro do ano passado, com o título “The Good Breakup”.

Há mesma hora, mas no sábado, 23 de abril, destaque para o recital com alguns dos melhores solistas da Casa da Música, nomeadamente Pedro Castro (oboé clássico), Reyes Gallardo (violino), Trevor Mctait (viola) e Filipe Quaresma (violoncelo) que apresentarão composições criadas em várias épocas, desde o século XVIII até aos nossos dias.

O “Holograma”, a desenvolver durante dois anos, pretende alcançar o público em geral, possibilitando-lhe experiências musicais com raiz pedagógica e educativa, mas, principalmente, ir ao encontro das pessoas que mais cuidados carecem.

Todos os espetáculos têm entrada livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

10 + 2 =