Asuil Dinis Linhares Carneiro (1944-2020)

Faleceu Asuil Dinis Linhares Carneiro, primeiro presidente eleito da Câmara Municipal de Santo Tirso após a revolução de 25 de Abril de 1974.

Pouco tempo antes das primeiras eleições autárquicas livres e acabado de regressar de serviço militar em Moçambique, tinha sido vice-presidente da Comissão Administrativa que substituiu os órgãos camarários do regime anterior. Representava já o Partido Socialista, partido de que foi um dos dinamizadores no concelho e nessa primeira eleição democrática foi eleito enquanto seu cabeça de lista.

 Presidiu à câmara municipal de 27 de janeiro de 1977 a 16 de janeiro de 1980. Recandidatou-se para um segundo mandato mas nessa segunda eleição, o Partido Socialista perdeu a presidência da câmara para a AD e Asuil assumiu a função de vereador e teve a humildade de, nas eleições seguintes, mantendo o ânimo e atitude cívica que o caraterizavam, lutar pela vitória (conseguida) do seu partido mas com outro candidato a presidente (Joaquim Couto).

Foi presidente da Assembleia Municipal de 1986 a 1990 tendo feito, entretanto, uma carreira de gestor em empresa privada no município.

Na verdade, não voltou a assumir cargos públicos mas manteve-se interveniente e dedicado ao seu partido de sempre.

Asuil Dinis era licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra e em Teologia pelo Seminário do Porto e assumia de forma aberta a sua religiosidade, tendo sido colaborador dedicado de Monsenhor Celestino Ramos na paróquia de Santo Tirso. Na entrevista atrás referida declarou mesmo: “ sou católico e penso que a minha atividade política é consequência da minha formação religiosa”.

Outra faceta muito marcante da intervenção cívica de Asuil Dinis foi a sua dedicação à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santo Tirso, os “vermelhos”, a cuja direção pertenceu durante 29 anos, 19 dos quais como presidente. Quando deixou de ser o presidente da direção passou a presidente da Assembleia Geral, cargo que exerceu até agora.

Enquanto presidente da direção da Associação Humanitária foi o principal dinamizador da construção do novo quartel dos bombeiros, uma obra que, por ter a assinatura do Arquiteto Siza Vieira, colocou em Santo Tirso uma outra referência da arquitetura nacional.  E é também uma homenagem ao carácter, à dedicação, à persistência e ao sentido cívico de Asuil Dinis Linhares Carneiro.

(editado)

3 thoughts on “Asuil Dinis Linhares Carneiro (1944-2020)

  1. Peço desculpa, mas, Asuil Linhares Carneiro, não fez parte da primeira Comissão Administrativa, que foi presidida pelo Dr. Manuel Neto, mas sim, fez parte da segunda,
    presidida pelo Dr. Abílio. Portanto, a Comissão Administrativa, que substituiu os órgãos camarários, a seguir ao 25 de Abril de 1974, foi a presidida pelo Dr. Manuel Neto.

  2. Foi com surpresa que tomamos conhecimento do falecimento do Dr. Azuil Dinis Linhares Carneiro.
    O Dr. Azuil serviu a sua terra de Santo Tirso, com humildade e seriedade.
    É esta a marca que deixa ao PS e não só.
    À família resta-nos apresentar as nossas condolências.
    Manuel Marinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.