[Entrevista] “Adoramos mostrar a nossa terra a quem nos visita, mas também a quem cá vive”

ATUALIDADE

Presidente da Roriz Aventura fala do trabalho da associação ao longo dos últimos anos e dos eventos desportivos que organizam com o intuito de projetar o nome da terra que é “orgulhosamente” sua.

Emanuel Fernandes é o presidente da Roriz Aventura, associação que desde a sua génese revolucionou o tecido associativo da freguesia e continua a dar que falar. Amantes do desporto na natureza, utilizam-no como forma de promoção do território e do património da terra cujo o nome “orgulhosamente” envergam nas camisolas.

Em entrevista ao Entre Margens, aquando da realização do 9º Trilho dos Carreteiros, parte integrante do programa das Festas da Vila de Roriz, o dirigente diz que a sua principal ambição é “proporcionar a melhor experiência possível”, seja para quem vem para competir, seja para quem simplesmente quer conviver. Talvez seja mesmo este o segredo do sucesso.

À nona edição, o Trilho dos Carreteiros já se afirmou no calendário de iniciativas do concelho. O que é que foram aprendendo ao longo deste período enquanto organização?

A regularidade do Trilho dos Carreteiros permite-nos melhorar e inovar a cada ano. Claro que cada evento é um desafio, porque nenhum trilho é igual, mas o tempo também nos ajuda a lidar com o stress dos últimos dias. A sua inclusão nas festas da vila de Roriz foi uma boa mudança, quer para nós quer para a Junta de Freguesia, e também para as outras associações participantes nas festas. Diria que é uma aposta vencedora, onde todos ganham.

É um evento que para além da componente desportiva serve de cartão de visita para as paisagens da freguesia. Como é que tentam abordar esta vertente ano após ano?

Para o Roriz Aventura é muito importante que todos os participantes tenham uma boa experiência, independentemente do motivo pelo qual se inscreveram. É bem-vindo quem vier por bem, seja para competir, para praticar desporto ou apenas para conviver. Aliás, não temos o objetivo de pôr as nossas provas a contar para campeonatos regionais ou nacionais.

Uma das nossas principais preocupações é mudar o percurso todos os anos, para que os participantes “repetentes” conheçam novos locais, mas também temos o cuidado de passar sempre por locais emblemáticos da freguesia e da região, seja do ponto de vista cultural, natural ou paisagístico.

Sentem a responsabilidade de continuar, não só a manter a qualidade da organização, como a inovar a descobrir novos cantinhos para mostrar a quem vem de fora e mesmo a quem cá vive?

Claro que sentimos essa responsabilidade. Enquanto associação orgulhosamente rorizense, adoramos mostrar a nossa terra a quem nos visita, mas também a quem cá vive. No fim das provas, ouvimos frequentemente os rorizenses dizerem que passaram por locais que há muito que não passavam, ou que descobriram lugares que nem imaginavam que existiam. Será sempre o nosso foco.

“No final das provas, ouvimos frequentemente os rorizenses dizerem que passaram por locais que há muito não passavam, ou que descobriram lugares que nem imaginavam que existiam”

Emanuel Fernandes, presidente Roriz Aventura

Quais foram os maiores desafios a que se propuseram ao longo destes nove anos de trilho?

Esta aventura começou com a organização de um passeio de BTT (I Trilho dos Carreteiros) por um grupo de amigos. Aí nasceu o Roriz Aventura, primeiro ligado ao Rancho S. Pedro de Roriz e depois como Associação autónoma e independente.

O nosso principal desafio é proporcionar uma boa experiência aos participantes, para que voltem no ano seguinte. Ao nível interno, o maior desafio é chegarmos ao fim do evento todos amigos, honrando os compromissos assumidos com quem nos ajuda, seja Município, Junta de Freguesia, patrocinadores e voluntários.

Desde a sua génese, o que é que mudou na vossa abordagem enquanto associação e na vossa presença na comunidade?

O Roriz Aventura tem tido uma presença cada vez mais ativa na comunidade. Além da vertente desportiva interna e da organização de dois eventos anuais, temos tido uma presença ativa em diversos eventos da nossa freguesia, como nas Festas de São Pedro de Roriz, no Carnaval ou nos cantares dos Reis. Apesar de sermos uma associação desportiva, estamos sempre abertos aos desafios que nos vão colocando.

A criação da AUR (Associações Unidas de Roriz) ajudou não só a nossa associação, mas todas as outras, a terem um papel mais ativo na comunidade.

O que é que a Roriz Aventura tem planeado para o futuro a curto, médio e longo prazo?

Nos próximos tempos além da participação em eventos desportivos a representar o Roriz Aventura, estaremos focados na organização do VIII Trail dos Carreteiros, que acontecerá em setembro.

A longo prazo vamos sonhando com uma sede maior, no entanto estamos gratos ao sr. Alberto e à sra. Amélia pelo espaço que temos atualmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

five × 1 =