AMCH Ringe assinou protocolo com Segurança Social para criação de creche e berçário

Mais um passo em frente para um final bem-sucedido para um dos mais necessários equipamentos de Vila das Aves. Foi hoje assinado o protocolo de Comparticipação Financeira entre a Segurança Social e a Associação de Moradores do Complexo Habitacional de Ringe para a criação da valência de Berçário e Creche nas instalações do antigo infantário de Vila das Aves.

A cerimónia decorreu nos jardins do complexo e vai permitir que as futuras valências possam acolher 46 crianças, desde o berçário até aos 3 anos de idade.

“Este projeto representa um sinal de esperança para o futuro e um valioso instrumento de apoio às famílias e de combate à pobreza infantil”, pode ler-se na nota divulgada nas redes sociais pela direção da AMCH Ringe, onde dirige agradecimentos especiais a todos os intervenientes que acarinharam este projeto, desde a sua génese até ao momento atual. “À Câmara Municipal de Santo Tirso e à Junta de Freguesia de Vila das Aves, em especial que em muito contribuíram para que este projeto chegasse a bom porto”.

O presidente da junta, Joaquim Faria, assistiu à assinatura com particular interesse, já que a reabertura do infantário foi a principal bandeira da sua campanha eleitoral em 2017. “Alguns não acreditaram e apostavam até ser impossível, outros nem sequer se interessaram, mas este passo é mais uma prova de que tudo é possível quando se luta por aquilo em que se acredita. Em 2017 empenhei-me pessoal e fortemente neste projeto, porque sabia ser extremamente importante para os Avenses”, referiu em publicação nas redes sociais.

“A caminhada é longa, burocrática, mas está em curso e cada vez mais perto do júbilo final. As famílias Avenses terão ao seu dispor mais uma valência que vem ao encontro das suas necessidades, na medida em que a procura supera a oferta”, rematou o autarca local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.