Prisão preventiva por violência doméstica em Vila das Aves

Homem de 36 anos terá agredido, injuriado e ameaçado de morte a companheira com quem vivia há quatro anos. Recorria à violência física para exigir dinheiro para satisfazer vícios e consumos de droga.

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto, no dia 31 de maio, deteve um homem de 36 anos por violência doméstica, na localidade de Vila das Aves, no concelho de Santo Tirso.

Na sequência de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, habitual consumidor de produtos estupefacientes, terá agredido, injuriado e ameaçado de morte a vítima, sua companheira de 33 anos, com quem viva há quatro anos. Apurou-se que recorria frequentemente à violência física para exigir quantias monetárias à vítima e para satisfazer os vícios e consumos de droga. Apurou-se ainda que, desde o mês de fevereiro, as agressões sofreram um escalar mais violento, sendo que, num dos últimos episódios de violência, a vítima foi atacada com pontapés.

Perante a gravidade dos factos, o suspeito, com antecedentes criminais por furtos e roubos, foi detido e presente a primeiro interrogatório judicial ontem, dia 1 de junho, no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A ação contou com o reforço do Posto Territorial de Vila das Aves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.