Bombeiros das Aves criam campanha para aquisição de 2 ambulâncias

Campanha pretende cobrir valor de 120 mil euros direcionado para a compra destes veículos.

Os Bombeiros Voluntários de Vila das Aves criaram uma campanha de angariação de fundos para a compra de duas novas ambulâncias, de modo a colmatar o lugar de duas outras mais antigas.

A compra dos dois carros representa um investimento de 120 mil euros. Valor que poderá ser reduzido através da retoma das duas antigas ambulâncias e com a campanha criada pela Associação Humanitária.

A campanha em questão tem duração ilimitada e sem valor fixo de doação. Esta pode ser efetuada por referência multibanco, através da entidade 21721 e referência 123 007 007. Está também a ser realizada uma campanha especial para os sócios que podem contribuir desta mesma forma e também por transferência bancária. “Tudo o que se puder angariar é bem-vindo”, afirma Carlos Valente, Presidente da Direção dos Bombeiros Voluntários de Vila das Aves.

Os novos equipamentos permitem um melhor conforto à equipa que os utiliza, assim como a quem precisa do auxílio destes profissionais.

“São carros melhores. Os nossos bombeiros já não gostavam de sair naqueles carros porque não davam o conforto a quem transportamos. Os doentes muitas vezes já vão em situações complicadas e se o carro também não ajuda, pior”, explica Carlos Valente.

A aquisição de duas novas ambulâncias permite ao corpo de bombeiros ficar com um total de 6 ambulâncias. O desgaste dos veículos de socorro justifica este constante investimento por parte da Associação Humanitária. Por exemplo, a ambulância adquirida em junho de 2020 já conta com 32 000 km, de acordo com informação divulgada por Carlos Valente. Além desta operação, a intenção da Direção dos Bombeiros avenses será abater a ambulância de 2005, precisamente devido ao desgaste e dos quilómetros acumulados. 

Para sensibilizar os sócios da campanha, a Associação Humanitária vai enviar cartas para os sócios com todas as informações sobre como proceder para contribuir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.