Taxas de incidência baixam no Vale do Ave no período antes do Natal

Famalicão e Guimarães juntam-ser Santo Tirso nos concelhos com nível de risco muito elevado, deixando o nível extremo.

O boletim informativo da DGS com os números por concelho revelou um panorama menos dramático para a região do Vale do Ave. Santo Tirso já tinha descido para um nível de risco muito elevado, sendo agora acompanhado por Vila Nova de Famalicão e Guimarães.

Em território tirsense, a taxa de incidência entre 7 a 20 de dezembro fixou-se nos 600 casos por cem mil habitantes, consolidando a tendência descendente. Famalicão registou uma taxa de incidência de 897 casos por cem mil habitantes, enquanto Guimarães ficou pelos 751 casos por cem ml habitantes.

O concelho da Trofa mantém-se em nível de risco extremo registando 1054 casos por cem mil habitantes no período analisado. Os restantes municípios da região encontram-se já no nível de risco muito elevado ou inferior, casos de Paços de Ferreira e Lousada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.