Edgar Pêra inicia rodagem de novo filme na Fábrica Rio Vizela

Filme inspirado nos heterónimos de Fernando Pessoa vai rodar em modelo “quarentena cinematográfica”. Elenco inclui atores como Albano Jerónimo e Victória Guerra.

É um dos grandes nomes do cinema português e irá fixar-se em Santo Tirso, durante todo o mês de agosto, para realizar a sua próxima longa-metragem. Edgar Pêra, em conjunto com uma equipa de mais de 60 pessoas, entre atores e técnicos, vai ocupar a antiga Fábrica do Rio Vizela para realizar “Não Sou Nada”, um filme inspirado nos heterónimos criados pelo escritor Fernando Pessoa.

Com argumento da escritora Luísa Costa Gomes e do próprio Edgar Pêra, “Não Sou Nada” conta com um prestigiado elenco onde constam nomes como Miguel Borges, Albano Jerónimo, Paulo Pires, Miguel Nunes e Victoria Guerra.

As filmagens deviam ter iniciado na primavera, mas o atual contexto de pandemia, provocada pela Covid-19, atrasou a rodagem. A produção optou por avançar agora, implementando um apertado plano de contingência.

A rodagem de “Não Sou Nada” vai acontecer em modelo de “quarentena cinematográfica” o que implica que toda a equipa fique o mês de agosto confinada a dois espaços, o set de rodagem, localizado na antiga Fábrica do Rio Vizela – entretanto transformada num estúdio de cena – e o hotel Cidnay, onde estarão alojados.

O filme deverá estrear no segundo semestre de 2021.

Imagem de arquivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.