Misericórdia anuncia primeira vítima mortal

Utente do sexo feminino estava hospitalizada desde o passado dia 31 de março com infeção por COVID-19.

Em comunicado, a Misericórdia de Santo Tirso adianta que teve conhecimento do falecimento ao início da manhã. “Muito lamentamos esta perda e, também por esta via, endereçamos as nossas condolências à sua família”, pode ler-se no texto partilhado nas redes sociais.

A instituição informa ainda que, de acordo com a Direção Geral de Saúde (DGS), “apenas será prescrito teste ao COVID-19 a utentes que se dirijam ao seu médico de família ou, na presença de sintomas, contactem a linha SNS24.”

No entanto, aos utentes acolhidos nas Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI), vulgarmente conhecidos como lares, “foi dada indicação de que devem ser enviados ao serviço de urgência caso apresentem um dos seguintes sintomas: febre, dificuldade respiratória, tosse. Será esta a única via para que possam ser testados.”

A Santa Casa da Misericórdia continua a não conseguir realizar testes aos restantes utentes por iniciativa e despesa própria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.