Câmara de Santo Tirso decreta serviços mínimos

Autarquia tirsense decidiu alargar as medidas do Plano de Contingência Municipal a partir do dia 16 de março, segunda-feira.

Atenta à evolução da situação e às recomendações das autoridades de saúde, nomeadamente face do pacote de decisões tomadas pelo Governo de resposta à pandemia do novo coronavírus-Covid-19, a câmara municipal decidiu “aplicar, por tempo indeterminado, os serviços mínimos.”

A esta medida junta-se o encerramento de mais espaços e equipamentos municipais, incluindo: a feira semanal, a Loja Interativa de Turismo, o espaço digital santotiso.pt, o centro interpretativo da indústria têxtil, o  IMOD – Incubadora de Moda e Design e a Nave Cultural da Fábrica de Santi Thyrso.

Foi ainda suspensa a feira de colecionismo, na Praça 25 de abril, o shuttle que faz a ligação entre a central de transportes e a estação de caminhos de ferro.

“Na sequência das novas medidas de prevenção, controlo e mitigação tomadas no âmbito do Plano de Contingência, a Câmara Municipal de Santo Tirso reitera a recomendação inicialmente feita para que se evite as deslocações aos serviços municipais, devendo-se privilegiar, sempre que possível, o contacto pelo telefone 252 830 400 ou email santotirso@cm-stirso.pt“, pode ler-se em comunicado da autarquia.

A câmara municipal sublinha que “está a acompanhar a situação e a seguir as recomendações feitas pelas autoridades de saúde, com vista a adotar, caso necessário, novas medidas de prevenção face à pandemia do novo coronavírus-Covid-19.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.