Festival de Teatro Amador de regresso aos “Palcos” tirsenses

Espetáculos de companhias de teatro amador provenientes de um pouco por todo o país invadem os palcos do concelho até 22 de Outubro com entrada livre.

image004

Dia 06 – Clube Thyrsense, 21h30 

“Filho de Trolha”

João Pedro Ramos

Um comediante chega à cidade disposto a contar a sua história pessoal: filho de trolha com as suas peripécias tão típicas e nada afortunadas. Um espetáculo de stand up comedy com o humorista madeirense João Pedro Ramos que agora começa a dar os primeiros passos a nível nacional

 

Dia 07 – Biblioteca Municipal de Santo Tirso, 10h30

“A Branca de Neve e a Bruxa Má”

por A TAL – Associação de Teatro Amador do Livramento (Funchal)

Um conto infantil baseado na história da Branca de Neve e da sua madrasta má. Porém, nesta história nada é o que parece.

Teatro

Dia 07 – Auditório Eng. Eurico de Melo, 21h30

“Guerras de Alecrim e Manjerona”

por Nova Comédia Bracarense

A intriga desta peça gira em torno de uma disputa estabelecida entre dois ranchos – que têm como símbolos o Alecrim e a Manjerona – e dos seus protagonistas. De um lado, D. Fuas que pretende assegurar a mão de Dona Nise; do outro, D. Gilvaz, que deseja conquistar o coração de Dona Clóris. Para tal, os dois fidalgos pelintras contam com o engenho e a arte do gracioso Semicúpio (criado de D. Gilvaz) para levar a cabo os seus intentos. Contudo, as sobrinhas do velho avarento D. Lancerote estão prometidas, pelo menos uma delas, ao primo D. Tibúrcio, um morgado rústico que, porém, não colhe os favores das pretendentes. Entre encontros e desencontros amorosos, a peça vai-se desenrolando em palco, cheia de graça e humor, até terminar com um inesperado final feliz.

image009

Dia 08 – Sede do Rancho Folclórico de S. Pedro de Roriz, 15h30

“As Malaventuras de Serafim e Malacueco”

Teatro Aviscena (Vila das Aves)

Serafim e Malacueco são dois vagabundos que juntos já passaram por aventuras que lhes trouxeram alguns sabores e dissabores! Desta vez vão embarcar numa emocionante viagem com uma Pirata, por mares nunca dantes navegados, até à ilha deserta da D. Crudéfila III, Rainha das Areias Poluídas e das Águas Salmonadas. Por entre trapalhices, azares e malaventuras, os dois vão descobrir o verdadeiro sentido da vida, nesta peça concebida a partir do texto dramatúrgico de ‘Serafim e Malacueco na Corte do Rei Escama’ de António Torrado.

 

Dia 13 – Centro Paroquial de Fontiscos, 21h30 | “A Bebedeira da Morte” por  TeatroPalco – Grupo de Teatro da Sabrosa (Paredes)

 

Dia 14 – Escola Secundário Tomaz Pelayo, 21h30 | “Quadro” por TEIA – Teatro Experimental de Alvarim

 

Dia 15 – Centro Paroquial Monte Córdova, 15h30 ! “Três Fósforos” por Teatro Coelima (Pevidém)

 

Dia 20 – Centro Paroquial Água Longa, 21h30 | “Viriato e os Romanos” por Roderikus – Grupo de Teatro de Roriz

 

Dia 21 – Centro Cultural Municipal Vila das Aves, 15h30 | “Natália” por Doze Arte Livre (São Mamede de Infesta)

 

Dia 21 – Centro Cultural Municipal de Vila das Aves, 21h30 | “Maria, Senhora de Mim” por Pateo das Galinhas – Grupo Experimental de Teatro (Figueira da Foz)

 

Dia 22 – Centro Paroquial da Reguenga, 15h30 | “João Sem Medo” por Companhia de Teatro Os Quatro Ventos (Santo Tirso)