O Natal na Comunidade de Vila das Aves

 TEXTO: Luis Americo Fernandes; FOTOS: Miguel A. Pereira

 Duas notas sobre a vivência natalícia da Comunidade Avense vêm provar que o Deus da Solidariedade e da Misericórdia volta a nascer não por mera cronologia mas sobretudo quando os homens o desejam e vivenciam através da Fé e de outras manifestações. A catequese paroquial andou particularmente ativa com as crianças, seus pais e catequistas a espalharem por vários locais da Vila o símbolo vivo do Natal que é o presépio mas houve mais: as várias eucaristias do Dia da Natividade foram particularmente animadas pelas classes com outros simbolismos e manifestações adequados à sua idade, tendo presenciado nomeadamente a forma como encenaram e vivenciaram os grupos do 7º e 8º ano as leituras bíblicas da Eucaristia do dia 25, pelas 11.15; foi também integrada nesta Eucaristia que teve lugar o baptismo de dois catecúmenos, adultos que ao longo de certo tempo se vinham preparando para receber este sacramento, respectivamente um dos capitães do Clube Desportivo das Aves, Romaric e sua esposa, dois pais de família oriundos da Costa do Marfim, há já quatro anos ou mais a residirem em Vila das Aves; não foi um acontecimento sonante mas foi um sinal novo para muitas crianças e adultos acostumados apenas a presenciarem baptismos de crianças e que começam a ver que os caminhos do futuro da Fé Cristã passam também pela catequese dos adultos e pelo batismo adulto e esclarecido.

A nota que se segue, tem a ver com o Concerto de Solidariedade em prol do “Super-Tiago”, um miúdo com graves problemas de saúde cuja esperança de recuperação passa por um tratamento nos Estados Unidos. Este concerto só foi possível pela iniciativa do grupo “Aves Em Movimento” com o apoio da Junta
de FreguesXMP16039ia e teve lugar na igreja matriz que abriu as suas portas no passado dia 26 pela noite, num sinal claro também de Misericórdia e entreajuda; a afluência em massa da comunidade que encheu o templo, que é a nossa casa comum, neste caso por motivos humanitários e culturais que à sua maneira também honram e louvam o Deus de Amor e Misericórdia, foi algo de memorável. Foram três os momentos dignos de destaque ao longo de um programa cujos protagonistas vieram gratuitamente animar este concerto: primeiro a Orquestra Juvenil de Sopros do CCM da Artave, magnificamente dirigida pelo maestro Eliseu Correia, interpretou de J. Hosay, “Persis”, a ”Volta ao Mundo em 80 dias” de O. Schwarz” e finalmente “a Magia do Natal”, um conjunto de melodias natalícias tradicionais com arranjos de J. Kareydonck; estes cerca de 50 jovens músicos, não especificamente vocacionados para a música como os que seguem os cursos da Artave, interpretaram tão bem estes temas que os três quartos de hora que demoraram foram de um total assombro e encantamento pela energia dos efeitos sonoros de sopros, vibrofones , percussão e outros efeitos acústicos diversificados, tanto assim que, quando o segundo agrupamento musical, chamado “Tom Clássico”, iniciou a sua atuação, a assembleia demorou algum tempXMP16080o a calibrar a sua atenção numa musicalidade mais contida como é a das cordas e da voz humana. De facto, este grupo constituído por três violinos (Sílvia Ferreira, Sara Moreira e Rui Costa) , por uma viola de arco (Célia Raquel), um violoncelo (Américo Martins), por um órgão/piano electrónico (Xana Abreu) e dois cantores líricos (Raquel Fernandes e Ricardo Silva) desenvolveram vários trechos, alguns constituídos por bandas sonoras de filmes bem conhecidos, (Braveheart e A Missão) outros, com temas cantados de conhecidos cantores como Elvis Presley, outros celebrizados por cantores e agrupamentos líricos como Bocelli e Il Divo mas também composições de autores clássicos como Caccini ou Mozart; a interpretação do “Ave Maria” de Caccini pela soprano Raquel Fernandes, foi provavelmente um dos pontos altos deste conjunto, a par do dueto entre a soprano e o barítono “Hasta mi final”  e “Con te partiro” que contagiaram o público com uma conjugação de vozes de grande expressividade, graciosidade e elegância de comunicação.

O Concerto terminou com a prestação do agrupamento “Estúdio 34”; dirigido por um autêntico “show-man” jazzístico ao piano e acompanhado por XMP16093um viola-baixo e um viola- ritmo, o interessXMP16009ante coro de cerca de doze vozes mistas interpretou temas folks natalícios americanos com muito swing e vibração, alguns temas gospel, evidenciando o seu máximo requinte interpretativo em contenção, equilíbrio e crescendos e decrescendos de grande beleza em “My life, my love, my all”. Os temas que vieram a mais, “All you need is love” e “Yesterday” dos Beatles motivaram uma despedida contagiante ao ritmo de palmas com o público em pé a repetir os estribilhos conhecidos.

Na primeira fila da igreja, a presença do menino a quem este concerto foi dedicado, junto de seus pais e familiares mais próximos, foi o encanto do evento e, no final, a organização anunciou que o quantitativo doado superou os 10 mil euros. Que o Menino Jesus deste Natal o cubra de bênçãos e lhe conceda o que melhor deseja e lhe vai faltando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.