CLUBE DESPORTIVO DAS AVES APROVA VENDA DE 20% DA SAD À GALAXY

Em Assembleia GeralAG CDA realizada ontem, 22 de outubro, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Vila das Aves, O Clube Desportivo das Aves aprovou a venda de 20% do capital do Clube Desportivo das Aves SAD ao investidor Galaxy Believers Marketing e Gestão Lda, que já detinha 70% dos 200 000 € de capital social. O Clube, que detinha os restantes 30% e que previa a possibilidade de ceder aos seus associados parte das suas ações, ficará assim com uma participação de apenas 10%.

De acordo com Luís Andrade, administrador da sociedade desportiva, o investidor pagará ao Clube, pela parte do capital que adquire, 50 mil euros e procederá, de seguida a um aumento do capital para um milhão ou um milhão e meio de euros sem que o Clube tenha que gastar um euro com o aumento de capital para manter a sua participação de 10%.

CENTRO DE ESTÁGIO DE 3 MILHÕES EM PERSPETIVA

O aIMG_7592umento de capital, segundo Luís Andrade, enquadra-se nas ambições da SAD de competir na primeira liga, em que, segundo referiu, será necessário satisfazer essa condição e permitirá garantir condições para um investimento destinado a melhorar as condições de trabalho, criando um Centro de Estágio na Vila das Aves, em que se pretende gastar cerca de 3 milhões de euros e de que apresentou, na Assembleia, um primeiro esboço: 3 campos de futebol, sendo um de relva natural e dois sintéticos, balneários e estruturas de apoio e um hotel com cerca de 50 quartos. Este investimento será utilizado pelo futebol profissional e pela formação e haverá já protocolos firmados com equipas estrangeiras para utilização como local de estágio.

Para a concretização deste projetoo já foram encetadas conversações com a Junta de Freguesia de Vila das Aves e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários, proprietários da Quinta dos Pinheiros, que dispõe de cerca de 38 mil metros quadrados. A concretizar-se este ousado projeto, Junta e Bombeiros cederão os direitos de superfície sobre os terrenos por um prazo de 25 anos, com contrapartidas que estão ainda em negociação e que terão, naturalmente, de ser sujeitas à aprovação da Assembleia de Freguesia e da Assembleia Geral da  Associação Humanitária.

Luís Andrade  referiu ainda que a SAD que lidera tem ambição de levar o Desportivo das Aves à primeira liga ainda este ano e que está muito satisfeito pela forma como tem decorrido o seu trabalho na Vila das Aves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *